quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Inscrições abertas para Oficina de Humor em 2019

Oficina de Formação de Humorista
Inscrições abertas
De 03 de janeiro a 14 de janeiro
Horário das inscrições: de 13h as 19h (De 2ª a Sexta)
Inicio das aulas: 15 de janeiro
Dias de terça e Quinta
Horário: de 19h as 21h
Local: Teatro Chico Anysio
Av. da Universidade, 2175
Benfica
85 - 3253 3741   -   999 91 0460
(Não há taxa de matricula nem de mensalidade. A Oficina é toda de graça.
Apoio: SECULT-CE

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Carta ao meu pai

 


  
 Fortaleza, 20 de dezembro de 2018

Meu querido pai

A bênção!


Pra começar, meus parabéns! Afinal, hoje é o seu aniversário de 100 anos! Aí no céu tem bolo?

Desejo que esta carta encontre o senhor com muita paz de espírito ao lado da mamãe, dona Raimundinha, e de meus irmãos: José Francisco, Vandinha, Oninha e Nini! Quanto a nós, os outros dez que continuamos aqui no mundo terreno, tudo bem! Todos estão mandando os parabéns: o Ari, o Rômulo, o Antônio José, a Socorrinha, o Gerardim, o Chico, o Wellington, a Nandila e a Tatá!

Geramos mais de meia centena de filhos, seus netos! Às vezes penso que o senhor é um deles!!!

Pois é! E o senhor que nasceu em Massapê, num 20 de dezembro como hoje, está completando 100 anos (1918 – 2018). 73 deles, passou aqui com a gente. Há 27 nos encontramos só em sonhos e pensamentos.

O senhor, meu pai, continua sendo nossa referência de cidadão. Homem pacato; trabalhou durante a vida todinha para nos educar, principalmente para vida... Para que nós soubéssemos chegar... e sair... em qualquer lugar. Sermos respeitosos e éticos. Isso, e principalmente isso, devemos e somos muito gratos ao senhor.

...Pai, gostaria de lhe dizer muitas coisas hoje, mas, para  ser sincero, não sei bem exatamente o que dizer! Não por falta de assunto.  Muito pelo contrário. É que são tantas as lembranças, que me  embaralham a cabeça, e chegam a escorrer pelos olhos...

Hoje eu tô com quase 57. Quando o senhor viajou, eu tava com 30.

...Dos seus passos largos, guardo a lembrança de quando eu era criança... Uma passada do senhor, dava bem três das minhas...

...O seu assobio... Vixe! O seu assobio era uma ordem!

...E a cadeira de balanço, toda noite na calçada, pra tomar um vento e jogar conversa fora?! Eita! As vezes, também, o senhor cantava umas músicas. Recentemente, conversando com a Maria do Carmo da D. Laura Aguiar, nossa prima, ela me falou: “pois é, o seu Gerardo cantava e era bem”!   Que lembrança boa, a da cadeira na calçada!

Lembro-me agora do leite mungido, de manhazinha, lá no quintal, onde o senhor ficava rindo do “bigode branco”, que o leite fazia nos lábios da filharada.

E as cartas, que o senhor escrevia, enviadas aos filhos que se espalhavam mundo à fora, na busca de vencerem na vida em Fortaleza, Teresina e Salvador?! E foram muitas! Afinal, também eram muitos os filhos. Letra firme. Redação perfeita! Sem dúvida, inspirou a todos nós no caminho da escrita, da educação e do bom gosto pela arte e cultura em suas mais amplas possibilidades! Tenho todas as cartas que o senhor escreveu pra mim...

Meu querido pai Gerardo, vou ficar por aqui, prometendo voltar a lhe escrever com mais frequência!

Feliz aniversário!

Feliz Natal!

Nós te amamos!

Beijos do filho

Jader

 

Ps.: Fico muito feliz quando o senhor  marca  presença nos meus sonhos!

 

 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

O Filme "O Coquetel" é a mais nova produção para a telona na terra do Humor

 

O Filme “O Coquetel” já tem data e local de estreia. A data é dia 11 de dezembro/2018, as 19h. O local: Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, o mais belo palco de cinema do Ceará e um dos mais belos do Brasil!

Mas, que filme é este? De onde surgiu esta película? De que se trata? Qual o Gênero abordado?

Vamos lá! O filme é de humor. Uma comédia despretensiosa numa pegada bem cearense. A produção é caseira. Não teve incentivo financeiro de canto nenhum. Não teve cachê para ninguém. Cada um se bancou! Proposta do filme: fazer rir.

João Mateus, 55 anos, cearense de Cascavel, morando em Fortaleza desde 1971, comerciante no Mercado Central de Fortaleza, desde  1984 é o ator principal e o responsável por esta façanha. Ele também atua nos palcos como humorista. Nos palcos João Mateus é Zé Bolão e forma dupla com Francisco Rodrigues, que atua como Delegado.

 Este é o 2º filme de João Mateus. O 1º filme foi O MELIANTE, que estreou no dia 10 de outubro de 2017 também no Cineteatro São Luiz, dentro da Programação da Semana do Audiovisual.

No elenco de O COQUETEL, podemos citar: João Mateus, Vidal, Dedim Gouveia, Jader Soares, Celia Joplin, Tato Júnior, Paulo Neves, Chico Rodrigues, Fabricio Jorge, Lucia Machado, Tereza Angélica, Ronaldo Cornélio, Cleuton Costa, Panta, Gente Fina, Nonato Oliveira, Vera Lucia, Margareth Carrah, Wladiza Mesquita, Eveline Ceará, Clarellys, Antônio Ferreira, Angêlica Bonfim e Tereza Praia. Cinegrafistas: José Bernardino e  Lucilânio. Editor: José Bernardino.

 
A Gravação do filme aconteceu em Antônio Diogo, distrito de  Redenção, Ceará, há 70 Km de Fortaleza, sempre nos finais de semana. Durou 5 meses. De março  a agosto de  2018. Duração: 1 hora e 16 minutos. Indicação de idade: 14 anos.

Agora nos resta marcar presença no Cineteatro São Luiz e ver o que esta moçada preparou!
 

SERVIÇO:

Filme: O COQUETEL

ESTREIA: Dia 11 de dezembro de 2018

HORÁRIO: 19h.

LOCAL: Cineteatro São Luiz (Praça do Ferreira – Fortaleza-CE)

INDICAÇÃO: 14 anos

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Eleição para o Conselho Municipal de Política Cultural de Fortaleza


 
A Eleição dos Conselheiros da Sociedade Civil para o Conselho Municipal de Política Cultural de
Fortaleza (CMPC), para o Biênio 2019-2020, já está em curso.

Cronograma das Eleições:

INSCRIÇÕES: De 31 de outubro a 16 de novembro de 2018 via Mapa Cultural de Fortaleza.

DATA DA ELEIÇÃO: 11 a 15 de dezembro de 2018.

LOCAL DE VOTAÇÃO: Vila das Artes - Rua 24 de maio, nº 1221 – Centro.

Para todas as Linguagens e Territórios Regionais

Para se cadastrar como eleitor e/ou eleitor-candidato é necessário estar cadastrado no Mapa Cultural de Fortaleza.

Matéria sobre as eleições:

https://www.fortaleza.ce.gov.br/noticias/conselho-municipal-de-politica-cultural-convoca-eleicoes-para-o-bienio-2019-2020

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Humorista Zebrinha lança CD e DVD


Poesia de Graça!

 
 
           O humorista cearense Jader Soares (Zebrinha) preparou mais uma das suas. Desta feita um álbum duplo: um CD e um DVD. O que tem num, tem no outro. Só que num, você ouve. No outro, você ouve e ver. Trata-se de um trabalho poético. Para o artista, fazer poesia não é novidade. “Comecei minha carreira recitando poesias na escola onde estudava, quando criança”. A novidade é reunir estes poemas, cordéis e sonetos, e lançar no mercado. 

Jader lançou seu 1º CD há 20 anos, em 1998: “Deu Zebrinha na Cabeça”. (Zebrinha é o nome do seu personagem mais atuante). Nele, o humorista desfilou com 9 músicas e 2 cordéis. Neste novo e inédito trabalho, a poesia tá mais forte que a música. Das 20 faixas, há apenas duas músicas. Todas são de autoria de Jader.

O CD foi gravado sob a direção musical e trilha sonora de Carlinhos Crisóstomo. A foto da capa é de Liezio Gomes. A filmagem do DVD, ficou a cargo de MFilmes Produções e Propagandas, e  aconteceu no Teatro Chico Anysio, mesmo espaço onde acontecerá o duplo lançamento, no dia 15 de setembro de 2018, as 20h. A entrada para o evento será de graça. O CD ou o DVD será vendido a 10 Reais.
 

O Título da Obra

O título da obra “Poesia de Graça!” define bem o argumento dos textos. São poemas bem humorados, sátiras políticas e do cotidiano.

Como exemplo, na 1ª faixa, o trabalho traz o poema “Canção do Elixir”, uma paródia à “Canção do Exilio” de Gonçalves Dias, e satiriza a quantidade de farmácias que há no Brasil, contrapondo-se a diminuta quantidade de livrarias.   

Canção do Elixir

Jader Soares (Zebrinha)

Minha terra tem... farmácias
Que nem dá para contar
Mas, livraria numa esquina
É difícil de encontrar.

Nosso chão tem mais... farmácias
Do que estrelas no céu
Tem remédio bem docinho
E outro amargo como o fel.
 
Em cismar sozinho à noite
Eu fico a me perguntar
Onde é que eu compro um livro?
Alguém pode me informar?

Me dá pena dos autores
Com obras a publicar
Por não ter como vender
A quem deseja comprar
Só tem livraria em shopping
Uma aqui, outra acolá!
 
Não permita Deus que eu morra
Se o remédio eu não tomar
Quero ler livro, não Bula
Mas não sei onde encontrar
Esquina com livraria
Só remédio, gaze  e chá! 

Além dos poemas engraçados, há também uma bela homenagem ao humorista Chico Anysio, do qual Jader teve o privilégio de ser amigo.

O trabalho “Poesia de Graça” está na rua. Agora é hora de ouvir, curtir, compartilhar e morrer de rir!


 
SOBRE JADER SOARES, o Zebrinha


O Humorista Jader Soares é cearense de Massapê. Começou sua carreira em 1984. Estreou no Teatro Vila Velha, em Salvador, onde morou cinco anos. É Professor, com formação em História.

Lançou cinco livros: O Bom Humor de Massapê; O Bom Humor de Sobral (em parceria com Hugo Cavalcante, pai do Tom); Boca de Urna I, Boca de Urna II e Paula Nei – O Primeiro Humorista Brasileiro, com apresentação de Chico Anysio. Tem também um CD na praça, com cordéis, músicas e piadas. 

            Em televisão já participou de vários programas locais e nacionais (Domingão do Faustão, Domingo Legal, Domingo Espetacular, Globo Repórter, Repórter Record, Profissão Repórter, Jornal Nacional, Esporte Espetacular, Encontro com Fátima Bernardes, Plantão da Madrugada, Show do Tom e Domingo Espetacular) e teve seu próprio programa, onde durante duas horas diárias comandava o “Clube do Preço Certo”, na TV Diário. Na TV Jangadeiro trabalhou quatro anos, fazendo  parte  do Programa  Botando Boneco; onde, aliás, surgiu o personagem Zebrinha. 

No Cinema participou de 4 filmes: “O Auto da Camisinha”, “O Meliante”,  “Cine Hulliúdy” e “Cine Holliúdy 2”.

            Jader Soares viaja por todo o Brasil, dividindo-se nas tarefas de humorista e palestrante: “As palestras são também shows. Aliás é assim que eu as trato: Palestras/Shows”. São pelo menos 10 palestras com os mais variados temas: Motivação e Bom Humor no Trabalho, Vender é uma Arte, EmpreendedoRIsmo, Segurança e Bom Humor no Trabalho(SIPAT), Com AIDS não se Brinca, DENGE, o Fim da Picada, O Meio Ambiente é a Maior Limpeza, A Vida não é uma Droga, Quem não lê, Mal Fala, Mal Ouve, Mal Vê (Incentivo à Leitura), História do Ceará e Que é Esse? (Sobre a vida de  Dragão do Mar). 

            Jader é diretor do Teatro Chico Anysio, Museu do Humor Cearense e Presidente da Associação dos Humoristas Cearenses. Também é o representante da linguagem do Humor no Conselho de Cultura do Ceará.  Foi ele quem idealizou o 12 de Abril como o Dia Nacional do Humorista. Para comemorar a data existe Lei municipal (Fortaleza); estadual, (Ceará) e Federal. A data refere-se ao dia de nascimento de Chico Anysio.

SERVIÇO

Lançamento:
CD e DVD “POESIA DE GRAÇA” do humorista Zebrinha
15 de setembro de 2018 (Sábado) – 20h
Teatro Chico Anysio
Av. da Universidade, 2175 – Benfica
Entrada no evento: De graça
Informações: (85) 3252 3741   -   999 91 0460

 

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

O sucesso do XV Festival de Humor Cearense FHC



            O XV FHC – Festival de Humor Cearenses, acontecido mais uma vez no SESC de Iguatu de 1º a 4 de agosto, foi sucesso total. Idealizado pelo escritor Giovani de Oliveira, o evento aconteceu pela 1ª vez no ano de 2004. Portanto, em 2018 o FHC foi realizado pela 15ª vez. Da 1ª edição até a 15ª, mais de 200 (duzentos) shows aconteceram. A Realização é do SESC em  parceria com o Museu do Humor Cearense e Escritório do Riso.

 
            O Ginásio do SESC ficou lotado nos 4 dias de evento para assistir a dois espetáculos por noite. Para entrar, cada pessoa levou 1Kg de alimento não perecível para o Projeto Mesa Brasil!
 

PROGRAMAÇÃO:

 
Dia 01 – (Quarta)

ALEX NOGUEIRA e

DINAH MORAES (Youtuber)

 

Dia 02 – (Quinta)

LAILTINHO BREGA e

MARMITA

 

Dia 03 (Sexta)

LUANA DO CRATO (Espetáculo: “BRANCA DE NEVE – A história que a sua mãe não contou”) e

CLEBER FERNANDES (Nas Garras da Patrulha – TV Diário)

 

Dia 04 – (Sábado)

MANGUAÇA e

PAÇOCA E FUBÁ


Também aconteceu a Exposição “FHC – 15 ANOS DE BOM HUMOR”, com painéis em fotos relembrando todos os festivais.
 

. No Mercado Público tivemos apresentação pela manhã do “Humor na Feira”, com artistas Paçoca e Fubá, divulgando o evento.

A apresentação e curadoria do FHC ficou  a cargo do humorista Zebrinha.
 

            Durante o Festival foi também lançado o Projeto NO CALOR DA BACURINHA. O Projeto é em formato de vídeos para as redes sociais, onde, através de piadas, causos e esquetes curtas, uma equipe de comediantes atua em situações as mais diversas possíveis. No total são 40 vídeos. Foram exibidos 10 esquetes por noite, em telão, sempre na abertura dos shows do FHC.